Continue fazendo a sua parte

Esse momento de pandemia é terrível para a sociedade como um todo. Mas com a sua ajuda, a Asttter vai conseguir proporcionar dias melhores a quem sofre ainda mais.


A nossa campanha contra a fome, iniciada neste mês com a fundamental participação dos associados, conseguiu arrecadar até agora R$ 7.000 por meio de doação do saldo Plus e desconto em folha. Esse valor já foi repassado para a os movimentos apoiados nessa primeira parte da ação, e já estão fazendo diferença na vida de famílias carentes nas comunidades da Região Metropolitana da BH.


A nossa meta de arrecadação ainda não terminou! Portanto, se ainda não o fez, venha fazer parte desse esforço que vai trazer alento para quem tem passado ainda mais dificuldade nesses tempos pra lá de difíceis.


Basta entrar em contato com a nossa equipe pelo Whatsapp (31) 3263-2800 e solicitar o resgate de R$ 50 do seu saldo Plus como doação para nossa ação, e pronto! Além do resgate, você ainda pode doar qualquer valor em dinheiro. Basta informar no atendimento e autorizar o débito em conta bancária. Um gesto simples, mas que trará transformação e esperança a diversas famílias.


Conheça um pouco mais sobre os projetos apoiados nessa campanha e os valores doados até o momento:


Unindo Forças BH (R$ 3.000)

É uma coalizão de várias instituições, empresas e projetos sociais de Belo Horizonte que se uniram em uma grande força tarefa: colocar comida na mesa de quem mais precisa!


A meta é arrecadar 2 milhões de reais para a compra de cestas básicas com o objetivo de alimentar pessoas nas comunidades mais vulneráveis de Belo Horizonte e região metropolitana.


As cestas são entregues semanalmente em comunidades vulneráveis da Região Metropolitana de Belo Horizonte.


Acompanhe o perfil @unindoforcasbh, fique por dentro e saiba como colaborar nas ações desse movimento.


Pré-Enem no Morro do Papagaio (R$ 4.000)

Com o objetivo de ampliar a democracia por meio do acesso à educação de qualidade e gratuita, o cursinho popular pré-Enem no Morro do Papagaio, em Belo Horizonte, trabalha com alunos moradores do morro que são atravessados pela interseccionalidade de raça, gênero e classe. O projeto oferece gratuitamente aulas com renomados professores em diversas áreas, com a missão de tornar possível o acesso de pessoas do Morro do Papagaio à universidade.


Com a pandemia e seus impactos na comunidade, o projeto direcionou seus esforços para uma campanha de arrecadação de fundos, produtos de higiene pessoal e alimentos não perecíveis para os moradores do Morro do Papagaio.

Sem outra fonte de renda senão o trabalho informal nestes tempos, os moradores e esse coletivo conclamam toda a sociedade a se solidarizar e dividir o que temos com quem mais precisa.


Acompanhe o perfil @preenempapagaio, fique por dentro e saiba como colaborar nas ações desse movimento.


A cada um dos associados que puderam ajudar durante a campanha até agora, fica o agradecimento da Asttter e de todas as famílias que conseguiram apoiar. Muito obrigada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *